MOTOROLA – EXÉRCITO ADQUIRE SOLUÇÕES DE RADIOCOMUNICAÇÃO DIGITAL PARA A SEGURANÇA DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES

SÃO PAULO, 16 de maio de 2013 – O Exército Brasileiro está adiantado nos preparativos para a Copa das Confederações e anuncia a compra de tecnologia da Motorola Solutions, provedora líder em serviços e soluções de comunicação de missão crítica para governos e empresas, que serão utilizadas na segurança durante os jogos em junho, no Brasil. Os sistemas digitais de radiocomunicação de voz criptografada também serão utilizados na Copa do Mundo de 2014, podendo haver expansão, de acordo com as necessidades do evento.

Com as soluções adquiridas, o Exército poderá exercitar o comando e controle de seus efetivos e cumprir com eficácia as missões pelas quais  será responsável na Copa das Confederações. O projeto já está em fase de implementação, e a primeira etapa de testes começou em abril, com previsão de término para o fim de maio de 2013. O sistema fará a cobertura, principalmente, em pontos considerados críticos, como os estádios e arenas, os centros de treinamento das equipes, hotel em que as delegações estarão hospedadas e aeroportos. Em locais mais distantes, sem cobertura da rede, serão utilizadas soluções móveis (repetidoras), que permitem a criação de uma rede para comunicação segura.

Pontos importantes

• As soluções serão utilizadas durante a competição nas cidades-sede: Brasília, Fortaleza, Recife, Belo Horizonte, Salvador e Rio de Janeiro.
•   Para Brasília será mantida a tecnologia da Motorola Solutions já utilizada desde 2011.
•   O contrato contempla a compra de rádios dos modelos APX2000, XTL e XTS.
•  O sistema digital de radiocomunicação vai permitir que todas as cidades- sede do evento estejam interligadas por uma rede IP.
•   Cada Estado terá visualização local, mas todo o monitoramento poderá ser feito pelo Exército em Brasília, de onde será possível acessar todas as posições e localizações das tropas, por meio do sistema de GPS dos próprios rádios, interligados às soluções do Exército, associadas às soluções da Motorola Solutions.

“Assim, como a Copa das Confederações é um pré-evento para a Copa do Mundo, será também um momento ímpar para que possamos pôr em prática nossos planejamentos para 2014. Dessa forma, esperamos estar prontos para as demandas de cooperação na área da segurança, contribuindo com os diversos órgãos envolvidos no âmbito federal e estadual, participando deste grande momento do Brasil. É importante ressaltar ainda que todos os equipamentos ficarão como legado, que será extremamente útil para as determinações de nossa presidenta, além dos limites dos grandes eventos”, diz o comandante de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército brasileiro, general Santos Guerra.

“Estamos sempre em busca de excelência em todas as soluções de segurança que oferecemos para o mercado. Ficamos muito honrados por fazer parte de um momento tão importante para o País e poder contribuir para que o mundo veja o Brasil como referência em segurança”, afirma Paulo Cunha, presidente da Motorola Solutions Brasil.

Fonte: Defesanet

Exército expande trial de LTE para o Rio de Janeiro

O Exército brasileiro anunciou a extensão do trial de LTE (Long Term Evolution), na frequência de 700MHz, para o Rio de Janeiro. O teste, que teve início em maio de 2012, em Brasília, com a Motorola Solutions mostrou os benefícios da utilização da tecnologia para a melhoria dos serviços públicos no País.

A expansão consistirá em um novo site, que será instalado no Palácio Duque de Caxias, e cobrirá a região do estádio do Maracanã e arredores, podendo também ser movido para atender às necessidades de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) do Exército, na “Operação São Francisco”, na região do Complexo da Maré.

Com isso será possível realizar testes de comprovação da tecnologia em situações práticas, com foco nas aplicações de transmissões de vídeo em tempo real em viaturas em movimento, além de ampliar as capacidades de comunicação de voz, possibilitar a interoperabilidade com redes comerciais e rádios padrão P25, e melhorar a qualidade do centro de operações (COP) do Exército, onde se terá acesso a uma quantidade maior de informações. O Exército também poderá acessar informações de comando e controle em qualquer região do Brasil, por meio de sua rede (EBnet).

O trial já possui outros quatro sites instalados em Brasília que cobrem toda a Esplanada dos Ministérios e áreas de interesse do Exército, como aeroporto, Estádio Mané Garrincha e infraestruturas críticas, possibilitando a utilização por outras agências de segurança da capital federal.

O teste continuará a ser comandado pelo centro do Exército em Brasília e haverá um link seguro, que fará a conexão das duas cidades. Também estão previstos testes com câmeras em motocicletas de batedores, que transmitirão informações em tempo real para o COP instalado no Comando Militar do Planalto (CMP).

O Exército entrará com o pedido na Anatel para a liberação do trial na faixa de 700 MHZ, que no momento não está sendo utilizada no Rio de Janeiro.

Fonte: Decision Report