Rádios Tetra Motorola Sistema Digital

A Motorola oferece uma ampla variedade de soluções de terminal portátil TETRA para atender às exigências exclusivas dos mercados, desde a área de transportes até a área industrial e desde a segurança municipal até a segurança pública.

SÉRIE MTP3000

O rádio TETRA Série MTP3000 dispõe de amplas funcionalidades essenciais para operações seguras e efetivas, bem como importantes melhoras em áreas como áudio e robustez. A interface de usuário é otimizada para aqueles que estão fazendo a transição de rádios analógicos a digitais e inclui dois controles para grupo e volume.

Radio_MTP3500_Tetra

RÁDIOS PORTÁTEIS TETRA MTP3000 E MTP6000

A série de rádios MTP3000 e MTP6000 TETRA é equipada com os recursos que se tornaram essenciais para operações seguras e eficientes.

Somos Revenda Systems Integrator Motorola. Há mais de 29 anos no mercado de Telecomunicação. Atendemos em todo Brasil nas áreas de venda, locação e assistência técnica de Rádios Comunicadores.

Fale conosco!

11-3273-8914

http://www.oluapmot.com.br/radios-tetra-motorola.php

Fonte: Motorolasolutions

Sistema de Comunicação para Portos

O principal desafio do mercado portuário na região é elevar seu desempenho e eficiência, assim como melhorar sua competitividade para alcançar nível internacional. Isto leva à necessidade urgente de adaptar, planejar e atualizar a infraestrutura portuária reparando-a para atender aos crescentes desafios comerciais, ao crescimento das operações, ao aumento progressivo do comprimento dos barcos de carga que exigem uma capacidade operacional cada vez maior, e às contínuas ameaças à segurança.

As prioridades para se atingir este objetivo incluem:

ESTABELECER COMUNICAÇÕES CONFIÁVEIS

Grande parte das instalações portuárias já têm instaladas bases de redes com fio que estão em uso há anos e ainda servem para comunicações de grandes ativos como guindastes de plataforma e edifícios dentro do porto. Mas hoje, os requisitos de tecnologia estão em constante evolução. É necessário adotar conectividade móvel confiável e contínua que admita os novos aplicativos atuais e do futuro em um ambiente propenso a interferências,
onde 15 minutos de interrupção na conectividade representa até 8 horas de
demora comercial.

ACELERAR A PRODUTIVIDADE OPERACIONAL E REDUZIR CUSTOS

Os portos passaram de simples estações de transferência de cargas para a função de pontos importantes da cadeia logística de transporte, importação, exportação e distribuição. Isto implica sua integração na cadeia produtiva e a movimentação do porto
com um enfoque logístico empresarial que acelere ou diminua o tempo de circulação e armazenagem da carga para atender à programação, mantenha controle permanente de ativos e contêineres e contribua para a redução dos custos, levando em conta que a perda de um contêiner representa até US$1 milhão em custos adicionais.

GARANTIR A SEGURANÇA PORTUÁRIA INTEGRAL

Manter o difícil equilíbrio entre segurança e eficiência, ou seja, sem interromper o fluxo das operações, não é tarefa fácil. A segurança portuária integral inclui proteção pessoal,
industrial e prevenção de riscos. Consiste em detectar, prevenir e responder a qualquer ameaça em tempo real; assegurar o conhecimento da situação em todas as áreas e aspectos
do porto; monitorar e proteger seu extenso perímetro e estar atento ao movimento dos estivadores. Mais dos 45% dos acidentes mais perigosos ocorrem pela congestão do terminal e pela sobrecarga dos contêineres. Os portos passaram de simples estações de transferência de cargas para a função de pontos importantes da cadeia logística de transporte, importação, exportação e distribuição. 

Fonte:oluapmot

Certificado Revenda Motorola Sistemas de rádios para missão Crítica

Certificado Revenda Systems Integrator Motorola 2015.

Somos revenda Autorizada para comercialização de rádios Digitais Tetra Motorola.

Certificado_System_Integrator_Motorola.15

 

Fonte: oluapmot

ssp vai licitar sistema de radiocomunicacao digital em santa catarina

O serviço de radiocomunicação nas forças de segurança pública de Santa Catarina, que trabalham há 12 anos com o modelo analógico, vai enfim migrar para o digital. Em agosto, a SSP (Secretaria de Segurança Pública do Estado) montou uma comissão formada por integrantes das polícias Militar e Civil, do IGP (Instituto Geral de Perícias) e Deap (Departamento Estadual de Administração Penal), com o intuito de discutir as bases de um edital de licitação para o sistema digital. A comissão encerrará os trabalhos até o final de setembro. “A apresentação final indicará a melhor forma de fazer a licitação dos rádios para o sistema digital,

Fonte: ndonline

 

Samu do Paraná terá sistema de radiocomunicação digital

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do Paraná vai migrar do sistema de radiocomunicação analógico para o digital a partir deste ano. A mudança vai melhorar a qualidade da transmissão de informações entre as centrais de regulação e as equipes que atuam no resgate e atendimento pré-hospitalar da população.

Os novos equipamentos estão sendo instalados em todas 183 ambulâncias e 12 centrais de regulação do Samu em funcionamento no Estado. Além disso, 80 antenas repetidoras vão garantir a cobertura do sinal digital em todo o território paranaense.

Segundo o coordenador de Urgência e Emergência da Secretaria estadual da Saúde, Vinícius Filipak, o sistema digital permite uma comunicação mais clara entre os profissionais, aumenta o alcance da cobertura do sinal e facilita o trabalho de localização das ambulâncias, visto que os aparelhos operam com GPS integrado.

“Desta forma, as centrais de monitoramento podem acompanhar o deslocamento das ambulâncias em tempo real, inclusive verificando as melhores rotas e calculando o tempo de chegada até o local de destino”, destaca o coordenador.

Outra diferença é que, diferente do sistema analógico, a transmissão digital só pode ser recebida por aparelhos previamente configurados, o que torna a comunicação mais segura e sigilosa. “Este tipo de frequência garante a confidencialidade das informações e acaba com a possibilidade de interferência”, informa Filipak.

Até agora, a radiocomunicação digital já foi implantada em Curitiba e Região Metropolitana, Foz do Iguaçu e Litoral. As próximas regiões beneficiadas serão Apucarana e Maringá. A intenção é finalizar esse processo de conversão até dezembro deste ano.

SERVIÇO – O Samu do Paraná atende pelo telefone 192 e está disponível em 289 municípios. Isso representa uma cobertura de quase 80% da população paranaense. A orientação é que o serviço seja acionado em casos de urgência, como casos de infarto, acidente vascular cerebral (AVC), hipertensão arterial e febre alta, cortes e fraturas, entre outros.

COMO FUNCIONA O SAMU:

• Ao discar o número 192, o cidadão acionará a central de regulação do Samu, que conta com profissionais de saúde treinados para dar orientações de primeiros socorros por telefone.

• São estes profissionais que definem o tipo de atendimento, ambulância e equipe adequada para cada caso. O Samu deve ser acionado em caso de urgência.

• Há situações em que basta uma orientação por telefone. Outras em que uma equipe de socorristas é deslocada para prestar o primeiro atendimento e encaminhar o paciente para a unidade especializada.

 

Fonte:bemparana