Mototrbo Solução Capacity plus

MOTOTRBO CAPACITY PLUS

Como uma solução de tronqueamento digital dimensionável para único local, o Capacity Plus amplia a capacidade do seu sistema de comunicação MOTOTRBO ainda mais Mais de mil usuários de rádio compartilham de forma rápida e eficiente comunicações empresariais críticas de dados e voz no mesmo sistema sem a necessidade de adicionar novas frequências.

CARACTERÍSTICAS E BENEFÍCIOS

O MOTOTRBO Capacity Plus é uma solução de comunicação de alta capacidade, de dados e voz que:

  • Oferece cinco vezes a capacidade de um sistema convencional analógico e até três vezes a capacidade de um sistema de tronqueamento analógico
  • Oferece duas vezes a capacidade de um sistema digital convencional MOTOTRBO
  • “Tronqueia” até 12 caminhos de conversa de voz digital
  • Permite até 24 caminhos adicionais de dados dedicados
  • Acomoda até 1.200 rádios
  • Integra ambos os aplicativos de voz e dados, tais como serviços de localização com GPS, mensagens de texto, telemetria e muito mais, no mesmo sistema
  • Oferece capacidade de chamadas de todo o sistema para a comunicação com todas as pessoas de uma só vez
  • Suporta o utilitário do Repetidor de Diagnóstico e Controle MOTOTRBO (RDAC) para ajudar a garantir o desempenho contínuo de seu sistema
  • Integra-se com sistemas MOTOTRBO existentes através de uma simples atualização de software

Fonte: Motorolasolutions

Coordene as equipes com o uso do dep450

Quando você precisa de uma solução de comunicação simples, confiável e rentável para ajudar a conectar e coordenar várias equipes de trabalho capazes de colaborar entre si, considere os rádios portáteis bidirecionais  DEP 450, projetados para fazer o trabalho de maneira correta. Com seu design ergonômico fácil de usar e um áudio forte e claro, agora suas equipes podem trabalhar de maneira mais eficiente.

Libere o potencial de seus rádios DEP 450 com acessórios Motorola Original®. São os únicos acessórios projetados, construídos e testados com seu rádio para otimizar seu
desempenho. (Para obter informações sobre o portfólio completo, consulte a folha de dados.)
MELHORE A MANEIRA DE TRABALHAR

Um trabalhador da construção leva consigo seu DEP 450 como elemento básico de seu jogo de ferramentas. A tecnologia digital proporciona a você uma excelente cobertura em todo o local. E também conta com uma bateria muito mais duradoura, de modo que você sabe que dispõe de comunicações de voz confiáveis durante todo o dia.

O pessoal da área de fabricação de uma fábrica de peças confia nos terminais portáteis DEP 450 para a coordenação de suas operações. O software de cancelamento de ruído digital filtra o pior do ruído de fundo, permitindo ouvir com total clareza acima do ruído do maquinário. A capacidade da fábrica está expandindo-se, de modo que se decidiu implantar a funcionalidade de Modo Direto de Capacidade Dual de MOTOTRBO, que duplica a quantidade de chamadas admitidas em um mesmo espectro.
Um guarda de segurança utiliza seu DEP 450 para alertar a sala de controle de certas atividades suspeitas. O design  intuitivo do rádio é fácil de usar na escuridão, e pode até
mesmo sussurrar sabendo que o AGC (Controle Automático de Ganho) digital automaticamente aumentará o volume para que sua mensagem seja ouvido com total clareza no escritório. E, se estiver em apuros, você pode usar um dos botões laterais
programáveis para pedir ajuda com um só toque.

Fonte: Oluapmot

conheça o rádio portátil mototrbo dep 450 motorola

SIMPLESMENTE MAIS EFICÁCIA

Você quer conectar sua força de trabalho da maneira mais eficiente possível. Espera que seus rádios sejam acessíveis, e suficientemente flexíveis para evoluir com você. Agora existe um terminal portátil que oferece a você comunicações de voz de excelente qualidade hoje, e um meio para migrar para comunicações de voz digital nítidas e claras quando você estiver pronto.

Versátil e potente, o MOTOTRBO™ combina o melhor da funcionalidade de rádio bidirecional com o último em tecnologia analógica e digital. O portfólio MOTOTRBO oferece o dispositivo adequado para o usuário correto, desde terminais portáteis de voz somente até rádios de voz e dados completos em funcionalidades.

O robusto rádio MOTOTRBO DEP™450 está disponível como rádio de modo dual analógico/digital, com todos os benefícios da tecnologia mais moderna, desde uma qualidade de áudio extra forte até maior cobertura e duração de bateria. Este terminal portátil acessível é compatível com as funções avançadas do MOTOTRBO essenciais para sua empresa; por exemplo, a possibilidade de interromper uma transmissão para priorizar comunicações críticas.

Agora você pode melhorar a eficiência de suas operações com a comunicação de voz simplificada que for mais conveniente.

Fonte: oluapmot

Quinze motivos para usar o sistema mototrbo

Conheça os Quinze motivos para usar o sistema mototrbo:

1. O protocolo MOTOTRBO TDMA atende o padrão global ETSI DMR Tier-2
2. A tecnologia TDMA possibilita que UM únicorepetidor MOTOTRBO ofereça DOIS canais de comunicação
3. Dois canais por repetidor significa:
– menos RF
– menos complexidade
– menos instalações
4. A tecnología TDMA possibilita um aumento
de 40% na duração da bateria
5. Acessórios IMPRES
6. GPS integrado
7. Função de mensagem de texto integrada
8. Telemetria integrada
9. Opera no modo digital e/ou analógico
10. Rádio portátil oferece submersao IP57
11. Maior privacidade integrada com várias
chaves de segurança
12. Repetidor 100% de uso contínuo
13. Todas as funções de chamadas e dados
operam de modo direto ou por repetidor
14. Programa de criadores de Aplicações
15. IP Site Connect, permite conectar
repetidores através de uma rede de IP

Fonte: MotorolaSolutions

Samu do Paraná terá sistema de radiocomunicação digital

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do Paraná vai migrar do sistema de radiocomunicação analógico para o digital a partir deste ano. A mudança vai melhorar a qualidade da transmissão de informações entre as centrais de regulação e as equipes que atuam no resgate e atendimento pré-hospitalar da população.

Os novos equipamentos estão sendo instalados em todas 183 ambulâncias e 12 centrais de regulação do Samu em funcionamento no Estado. Além disso, 80 antenas repetidoras vão garantir a cobertura do sinal digital em todo o território paranaense.

Segundo o coordenador de Urgência e Emergência da Secretaria estadual da Saúde, Vinícius Filipak, o sistema digital permite uma comunicação mais clara entre os profissionais, aumenta o alcance da cobertura do sinal e facilita o trabalho de localização das ambulâncias, visto que os aparelhos operam com GPS integrado.

“Desta forma, as centrais de monitoramento podem acompanhar o deslocamento das ambulâncias em tempo real, inclusive verificando as melhores rotas e calculando o tempo de chegada até o local de destino”, destaca o coordenador.

Outra diferença é que, diferente do sistema analógico, a transmissão digital só pode ser recebida por aparelhos previamente configurados, o que torna a comunicação mais segura e sigilosa. “Este tipo de frequência garante a confidencialidade das informações e acaba com a possibilidade de interferência”, informa Filipak.

Até agora, a radiocomunicação digital já foi implantada em Curitiba e Região Metropolitana, Foz do Iguaçu e Litoral. As próximas regiões beneficiadas serão Apucarana e Maringá. A intenção é finalizar esse processo de conversão até dezembro deste ano.

SERVIÇO – O Samu do Paraná atende pelo telefone 192 e está disponível em 289 municípios. Isso representa uma cobertura de quase 80% da população paranaense. A orientação é que o serviço seja acionado em casos de urgência, como casos de infarto, acidente vascular cerebral (AVC), hipertensão arterial e febre alta, cortes e fraturas, entre outros.

COMO FUNCIONA O SAMU:

• Ao discar o número 192, o cidadão acionará a central de regulação do Samu, que conta com profissionais de saúde treinados para dar orientações de primeiros socorros por telefone.

• São estes profissionais que definem o tipo de atendimento, ambulância e equipe adequada para cada caso. O Samu deve ser acionado em caso de urgência.

• Há situações em que basta uma orientação por telefone. Outras em que uma equipe de socorristas é deslocada para prestar o primeiro atendimento e encaminhar o paciente para a unidade especializada.

 

Fonte:bemparana

Certificado Revenda Platinum Motorola 2014

Certificado Revenda Platinum.2014

 

A Oluap Radiocomunicação mais uma vez recebeu o reconhecimento da parceria Motorola Solutions na comercialização de Rádios profissionais e Sistema digitais Mototrbo.  Em Maio de 2014 recebeu o  Certificado Revenda Platinum Motorola no evento proporcionado anualmente pela Motorola Solutions para os Parceiros Motorola no Brasil.

 

Fonte: OluapNews

Equipamentos digitais modernizam radiocomunicação em São José

radiocomunicação-digital

Houve um acréscimo de qualidade, e isso ajuda muito no dia a dia” diz o operador da Guarda Civil Municipal, Vanderlei Graciano (Foto: Divulgação/PMSJC)

O serviço de radiocomunicação da prefeitura de São José dos Campos agora é totalmente digital. Um grupo de 60 servidores passará por treinamento, até esta quinta-feira (17), no auditório do Centro de Operações Integradas (COI), para entender e aprender a operar o novo sistema e multiplicar a informação aos setores que utilizam o recurso na administração.

A prefeitura possui 700 terminais de rádios portáteis instalados em veículos oficiais. O sistema permite o diálogo entre os usuários em trânsito, principalmente com os operadores das cabines de atendimento do COI. Toda ocorrência que chega ao COI através do 190 é repassada via rádio com o objetivo de acelerar as providências necessárias.

“Esses novos equipamentos mostram a posição exata da viatura e o local onde o servidor estiver utilizando o modelo portátil, pois têm um sistema de GPS integrado”, disse o coordenador do Centro de Operações Integradas (COI), inspetor regional Elvis de Jesus, da Guarda Civil Municipal, se referindo a uma das ferramentas que torna o atendimento emergencial mais ágil.

A inovação tecnológica permite maior sigilo nas comunicações operacionais intersecretarias, além da ampliação na área de cobertura e a agregação de novos serviços. Os equipamentos passaram a ser operados no sistema totalmente digital, em que a transmissão das informações tem mais qualidade sonora, dados em letreiros digitais e emissão de protocolos de segurança.

A principal diferença entre os rádios digitais e os analógicos está na maneira como as informações são processadas pelo sistema. As transmissões de voz e dados são feitas por ondas de rádio, entretanto, os rádios digitais convertem as comunicações em uma série de números ou dígitos (combinação binária), preservando a qualidade das transmissões, tornando o sistema mais eficiente e dinâmico, além de mais seguro.

Essas qualidades na comunicação têm sido os fatores de maior relevância enfatizados pelas equipes de trabalho que atendem as ocorrências na rua. “Houve um acréscimo de qualidade, e isso ajuda muito no dia a dia de quem precisa se comunicar de forma rápida e eficiente”, disse o operador da Guarda Civil Municipal, Vanderlei Graciano.

Além de tornar a comunicação mais moderna, a mudança foi considerada necessária, já que o sistema analógico, implantado em 1988, era mais suscetível a interferências, ruídos e invasões clandestinas. O novo sistema passou por testes e já está em funcionamento em aparelhos usados pelas secretarias de Defesa do Cidadão, Desenvolvimento Social, Saúde, Administração e pela Urbam (Urbanizadora Municipal).

O servidor José Carlos Toledo, da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS), relata que na última semana, graças ao novo sistema, um agente da Ronda Social recebeu o apoio da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar instantes após o acionamento via rádio. “O aparelho funcionou perfeitamente e em menos de cinco minutos chegaram as viaturas, e além disso agora temos qualidade de áudio nas comunicações”, afirmou o servidor, que trabalha na cabine de despachos da SDS no COI.

Fonte: Portalr3

Estados trocam sistema de rádio analógico por digital em poucos meses

Em boa parte dos Estados brasileiros o sistema de radiocomunicação digitalé uma realidade a serviço da segurança pública. No Espírito Santo, por exemplo, desde 2010 Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros trabalham com radiocomunicação digital.

De acordo com o secretário de Segurança Pública André de Albuquerque Garcia, a implantação do sistema digitalizado levou apenas oito meses. “Não é algo tão complexo quanto parece. É preciso vontade e investimento”, diz.

O custo para implantar o sistema digital Espírito Santo foi de R$ 10 milhões, informa o secretário. Além dos rádios e estações foram instaladas torres de transmissão e transceptores fixos, móveis e portáteis. Segundo Albuquerque, os principais benefícios da digitalização dos rádios são a clareza e a confiabilidade na comunicação entre as tropas e o comando de cada unidade. “Antes fazíamos operação com o rádio desligado, para não sermos interceptados. Agora, ninguém nos ouve e podemos fazer nosso trabalho com eficiência”, observa.

Outros estados, como São Paulo, Pernambuco, Bahia, Paraná, Sergipe e Pará também utilizam rádios digitais para investigações e operações policiais.

Fonte:ndonline

Radiocomunicação marca gol de placa na Copa do Mundo de 2014

A Copa do Mundo de 2014 teve início semana passada na capital paulista, com vitória da seleção canarinho que se deu ao luxo de ganhar de goleada, mesmo marcando o primeiro gol contra. O evento foi marcado pela apresentação de abertura que revelou ao mundo as tradições da cultura brasileira em suas mais diversas facetas, mostrando o que cada região brasileira tem de melhor.

Além da goleada, o Brasil mostrou que o país é show de bola também na ciência com a apresentação do Exoesqueleto, inovação de cientistas brasileiros que no futuro permitirá que muitos paraplégicos voltem a caminhar. Realizar um evento desse porte com a ameaça iminente de protestos e manifestações demandou muita energia e organização de diversas equipes ligadas à produção, organização e segurança do evento.

Como o sincronismo de operações necessita da tomada de decisões imediatas e coordenação de pessoas que atuam conjuntamente, somente um meio de comunicação pode proporcionar esse ganho de produtividade: a radiocomunicação.

Além das equipes que atuaram no espetáculo de abertura do evento, todas as atividades de segurança no entorno utilizaram a radiocomunicação, sendo as principais delas: Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, CET, Samu(Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), dentre outras.

Por que o rádio continua sendo insubstituível, mesmo havendo atualmente meios de comunicação mais modernos e sofisticados? Porque nenhum deles possui a confiabilidade da radiocomunicação. Quando se precisa ter certeza que a mensagem deve chegar ao seu destino com integridade absoluta no instante do fato, somente a radiocomunicação pode ser utilizada nestes casos.

Por estar intrinsecamente atrelada ao conceito de “missão crítica”, segundo o qual a falha no envio da mensagem pode causar o perecimento de vidas humanas ou perdas de patrimônio vultosas, a radiocomunicação contínua até os dias de hoje em alta.

Nesse sentido podemos afirmar que nenhum sistema de informação teve um ciclo de vida tão duradouro e longevo, haja vista ter sido inventada por Guglielmo Marconi, que documentou experimentos em 1890, há mais de cento e vinte e quatro anos.

Fonte: Jornal do dia

MOTOROLA – EXÉRCITO ADQUIRE SOLUÇÕES DE RADIOCOMUNICAÇÃO DIGITAL PARA A SEGURANÇA DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES

SÃO PAULO, 16 de maio de 2013 – O Exército Brasileiro está adiantado nos preparativos para a Copa das Confederações e anuncia a compra de tecnologia da Motorola Solutions, provedora líder em serviços e soluções de comunicação de missão crítica para governos e empresas, que serão utilizadas na segurança durante os jogos em junho, no Brasil. Os sistemas digitais de radiocomunicação de voz criptografada também serão utilizados na Copa do Mundo de 2014, podendo haver expansão, de acordo com as necessidades do evento.

Com as soluções adquiridas, o Exército poderá exercitar o comando e controle de seus efetivos e cumprir com eficácia as missões pelas quais  será responsável na Copa das Confederações. O projeto já está em fase de implementação, e a primeira etapa de testes começou em abril, com previsão de término para o fim de maio de 2013. O sistema fará a cobertura, principalmente, em pontos considerados críticos, como os estádios e arenas, os centros de treinamento das equipes, hotel em que as delegações estarão hospedadas e aeroportos. Em locais mais distantes, sem cobertura da rede, serão utilizadas soluções móveis (repetidoras), que permitem a criação de uma rede para comunicação segura.

Pontos importantes

• As soluções serão utilizadas durante a competição nas cidades-sede: Brasília, Fortaleza, Recife, Belo Horizonte, Salvador e Rio de Janeiro.
•   Para Brasília será mantida a tecnologia da Motorola Solutions já utilizada desde 2011.
•   O contrato contempla a compra de rádios dos modelos APX2000, XTL e XTS.
•  O sistema digital de radiocomunicação vai permitir que todas as cidades- sede do evento estejam interligadas por uma rede IP.
•   Cada Estado terá visualização local, mas todo o monitoramento poderá ser feito pelo Exército em Brasília, de onde será possível acessar todas as posições e localizações das tropas, por meio do sistema de GPS dos próprios rádios, interligados às soluções do Exército, associadas às soluções da Motorola Solutions.

“Assim, como a Copa das Confederações é um pré-evento para a Copa do Mundo, será também um momento ímpar para que possamos pôr em prática nossos planejamentos para 2014. Dessa forma, esperamos estar prontos para as demandas de cooperação na área da segurança, contribuindo com os diversos órgãos envolvidos no âmbito federal e estadual, participando deste grande momento do Brasil. É importante ressaltar ainda que todos os equipamentos ficarão como legado, que será extremamente útil para as determinações de nossa presidenta, além dos limites dos grandes eventos”, diz o comandante de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército brasileiro, general Santos Guerra.

“Estamos sempre em busca de excelência em todas as soluções de segurança que oferecemos para o mercado. Ficamos muito honrados por fazer parte de um momento tão importante para o País e poder contribuir para que o mundo veja o Brasil como referência em segurança”, afirma Paulo Cunha, presidente da Motorola Solutions Brasil.

Fonte: Defesanet