Brasil é o País Com Maior Número de Empresas Dispostas a Adotar Novas Tecnologias na América Latina

Segundo o Barômetro de Mobilidade realizado na América Latina pela Motorola Solutions, 35% das empresas brasileiras desejam ser pioneiras na adoção de novidades tecnológicas

Brasil – 9 de Dezembro de 2013 – Segundo o Barômetro de Mobilidade da Motorola Solutions para a América Latina, 35% das empresas brasileiras desejam estar entre as primeiras a adotar novas tecnologias para suas operações. De fato, a porcentagem é reforçada por 32% de companhias que adotam cedo as ferramentas tecnológicas, mas sempre tendo avaliado primeiro os problemas experimentados por outras corporações,que já utilizaram alguma solução nesse sentido. Por sua vez, 23% das empresas do país adotam tecnologia quando é indispensável e só 9% se nega a implementá-las, salvo quando é realmente necessário.

O Barômetro de Mobilidade da Motorola Solutions (Motorola Solutions Mobility Barometer) é um estudo que identifica os indicadores das oportunidades e desafios da mobilidade de empresas e entidades governamentais, mediante a coleta de informações diretas de organizações que estão investindo em soluções tecnológicas e em sua implantação. As pesquisas, feitas pela agência de pesquisas TNS Internacional, incluíram aproximadamente 375 executivos-chave de TI e negócios da Argentina, Brasil, Colômbia e México.

PONTOS IMPORTANTES:

A Colômbia conta com 17% de empresas dispostas a serem as primeiras em adotar as inovações e 21% de empresas que as adotam rapidamente, mais depois de ver os resultados alheios.

Depois da Colômbia, a Argentina é o país mais receptivo no que diz respeito a tecnologia. 11% de suas empresas fazem parte das primeiras organizações que buscam ferramentas tecnológicas, enquanto 22% está prestes a implementá-las depois de uma minuciosa análise.

O México é o país que mais resiste a implementar novas tecnologias na América Latina. 23% das empresas não estão dispostas a implementa-las se não for realmente necessário, enquanto 48% só faz quando a tecnologia é amplamente aceita por outras empresas.

DECLARAÇÃO:

Miguel Martinez Noguerol, vice-presidente corporativo de Vendas e Operações, América Latina e Caribe

“O Barômetro de Mobilidade da Motorola Solutions demonstra que o Brasil é o país mais disposto a adotar soluções tecnológicas na América Latina, tendo 67% de empresas proativas no momento de fazer este tipo de implementação. É uma tendência que chega cada vez mais forte à região, devido aos inúmeros benefícios que a tecnologia oferece. Cada vez mais as empresas entendem que só através da tecnologia conseguirão aumentar sua produtividade com mais rapidez”.

Fonte: Motorola Solutions

Alagoas ganha Sistema de Radiocomunicação Digital

O governador Teotonio Vilela Filho assinou nesta segunda-feira (12), no auditório Aquatune, no Palácio República dos Palmares, o contrato para a aquisição do sistema de radiocomunicação digital para as polícias alagoanas. Com isto o Estado de Alagoas está próximo a dar um grande passo na tecnologia policial.

“O sistema de comunicação digital vai mudar o paradigma da forma de comunicação entre as polícias no estado. Serão todos os organismos que compõem a polícia formando uma verdadeira rede de comunicação de alta qualidade, eficácia e economia para os serviços da polícia como um todo, mantendo contato com helicópteros e monitorado pela secretaria de Defesa Social. Depois de todo
o processo realizado, ordem de serviço assinada, agora eu vou cobrar celeridade e pressa para que tenhamos funcionando toda a estrutura o quanto antes”, enfatizou o governador Teotonio Vilela.

A previsão é que, até o início do ano, toda a comunicação de rádio feita pela polícia na região metropolitana de Maceió seja feita digitalmente, o que garante maior qualidade e segurança.

Segundo Dário Cesar, o projeto de radiocomunicação digital está orçado em cerca de R$ 25 milhões e está dividido em duas etapas: a instalação de 30 torres em vários municípios alagoanos, cuja ordem de serviço já foi dada pela Defesa Social, e a implantação do sistema digital.

Das 30 torres, 16 delas já estão sendo construídas, sendo 12 na região metropolitana. A previsão é que todas estejam prontas até o fim do próximo ano. Para se ter uma ideia da grandiosidade do projeto, as principais emissoras de televisão do Estado possuem apenas duas torres, o governo do Estado está construindo 30 de uma vez para facilitar a comunicação entre os órgãos de Segurança Pública.

“É um grande investimento que demonstra a preocupação do governador Teotonio Vilela com a segurança dos alagoanos. Sabemos que policiamento é feito com efetivo, e para isto realizamos concursos para as polícias Civil e Militar; mas também com uso de tecnologia de combate ao crime, como o videomonitoramento e comunicação digital”, ressaltou o secretário.

Como funciona

Com o sistema de radiocomunicação digital da SEDS, aquelas cenas a que estamos acostumados a ver em filmes, nas quais policiais consultam bancos de dados em tempo real de dentro das viaturas e mesmo pelos rádios portáteis, serão realidade em Alagoas.

“O sistema permite a transmissão de dados, como imagens, em tempo real. O policial poderá no Sertão de Alagoas fazer uma abordagem e através de seu rádio portátil ou mesmo da viatura avaliar se o suspeito é uma pessoa procurada pela Justiça”, explicou Dário Cesar.

Com isso, a logo prazo, o sistema vai trazer benefícios não apenas para a área da Segurança Pública, mas também de outros setores do Estado que também precisam transmitir dados para as várias partes do território alagoano, a exemplo das secretarias da Fazenda e da Saúde.

Outra vantagem do sistema é a segurança das informações sigilosas que são trocadas entre os policiais. Como as mensagens são criptografadas, não mais é possível que elas sejam captadas por quem esteja usando um equipamento não conectado ao sistema. “Vamos acabar com a infeliz prática de se copiar as frequências da polícia. Teremos uma comunicação segura e de qualidade”, garantiu o secretário Dário Cesar.

Fonte: Agência Alagoas

Fonte: Alagoas 24 horas