Como o mundo empresarial pode se beneficiar com a radiocomunicação

FONTE: DANE AVANZI

Quem nunca assistiu ou ao menos ouviu falar sobre a série do filme “Duro de Matar”, estrelada pelo ator Bruce Willis? Nas quatro edições do longa-metragem, o ator principal interpreta o dedicado e competente policial John MacClane, e em todos eles “acidentalmente” se envolve em atentados comandados por terroristas ou quadrilhas internacionais.

Mas, sendo o mocinho, sempre consegue virar o jogo. Convém lembrar que além de atirar e lutar muito bem, ele tinha um segredo: os radiocomunicadores! Em todos os filmes ele interceptava um dos aparelhos dos bandidos malvados. Dessa forma, ao ouvir suas conversas ele podia se antecipar aos acontecimentos e prepara grandes emboscadas. Assim como na luta contra o crime, no mundo empresarial estratégia é tudo. E ter informações em tempo real é crucial para bons resultados.

Ocorre que a informação, para realmente ser uma aliada, deve possuir características que somente um bom sistema de radiocomunicação pode fornecer. Ela deve ser rápida, segura, confiável e compartilhada. É por isso que a radiocomunicação, dentre todos os serviços atualmente disponíveis no mercado, ainda é a preferida do público corporativo – estatal e privado – uma vez que só ela consegue reunir estas qualidades imprescindíveis à boa comunicação. Cabem aqui alguns esclarecimentos necessários à perfeita compreensão:

· Rapidez: na verdade, na radiocomunicação esse termo não existe. O correto é instantaneidade. É apertar e falar (PTT – Push To Talk);

· Segurança: para determinados serviços, sigilo e inviolabilidade são vitais. Não por acidente, muitos dos modelos de rádio disponíveis hoje no mercado são criptografados.

· Confiança: diferentemente do padrão de comunicação oferecidas por operadoras de celulares com serviço acoplado de rádio, a radiocomunicação permite projetar um sistema de comunicação sob medida para sua necessidade, oferecendo cobertura em regiões que as operadoras de celulares não tem interesse.

· Compartilhamento da informação: eis aqui a quintessência que somente a radiocomunicação tem: todo o grupo ouve as mensagens simultânea e instantaneamente. Simplesmente o máximo!

Em termos comparativos, é como uma roupa feita sob medida especialmente para seu cliente. Reflete em relação a outros sistemas a diferença entre uma rabeca e um violino stradivarius. Na radiocomunicação é apertar e falar de verdade. Nunca aparecem mensagens como tente novamente ou usuário ocupado.

Mas o que isso tem a ver com o gerenciamento de pessoas e informações no seu local de trabalho? Muito! Em qualquer organização o fluxo de informações em seus diversos níveis hierárquicos é fundamental para o perfeito funcionamento dos grupos de trabalho, sendo fator essencial para a performance na execução e no desempenho como um todo.

Com a radiocomunicação ao seu lado, você pode ser a estrela do time, liderando uma equipe de trabalho com eficiência e eficácia. Assim como “John MacClane”, que como bom policial lutava e atirava muito bem, mas só conseguia vencer porque se antecipava aos acontecimentos e dominava a situação, você aperfeiçoará seus processos internos e conseguirá atender seus clientes com maior segurança e rapidez.

Dane Avanzi, é advogado e empresário de engenharia civil, elétrica e de telecomunicações e diretor presidente do Instituto Avanzi, ONG de Defesa do Consumidor de Telecomunicações.

Fonte: Primeira Hora

Rádio comunicador é uma ótima opção para diversas empresas.

Para as empresas que possuem um número considerável de funcionários e que os tem em trânsito durante o período de trabalho, o uso do rádio comunicador é uma excelente forma de comunicação.

Comunicação rápida, fácil, de baixo custo e sem depender do sinal das operadoras de telefonia móvel, essas são algumas das vantagens do uso do rádio comunicador.

Para as empresas que já se utilizam desse serviço, essas vantagens fazem com que esse tipo de comunicação tenha ganhado tanto espaço no mercado atual.

Empresas de diferentes ramos de atividades fazem uso do rádio comunicador. Empresas de televisão a cabo, de instalações de equipamentos, de fretes, de eventos são algumas das muitas empresas que estão aderindo a essa forma de comunicação.

Para as empresas de televisão a cabo esse tipo de comunicação garante maior agilidade nos atendimentos, já que muitas vezes os locais de instalação são ruins de sinal da telefonia móvel. Essa é também uma vantagem para as empresas de instalação de equipamentos, que muitas vezes precisam se comunicar com a central durante o atendimento ao cliente.

As empresas de frete têm encontrado no rádio comunicador, além das vantagens já citadas, a segurança. Por meio da radiocomunicação, garante-se uma melhor comunicação entre o caminhão e os carros de segurança, entre os carros de segurança e a central e entre todos os envolvidos. O sinal da radiocomunicação é mais estável e confiável do que o da telefonia móvel, o que faz com que todos se sintam mais seguros.

Segundo as empresas de eventos, com a utilização dos rádios comunicadores em eventos de diferentes portes, ganha-se mais agilidade das equipes de segurança, cozinha e técnica, o que faz com que o evento ocorra de forma mais tranquila.

Esses são alguns exemplos do uso da radiocomunicação e suas vantagens. Certamente, quem não conhece essa tecnologia deve procurar conhecê-la.

Fonte: i9artigos