Linha Amarela moderniza comunicação com rádios digitais da Motorola Solutions

Concessionária carioca investe R$ 1 milhão na digitalização do sistema de radiocomunicação de um percurso de 20 quilômetros

A Motorola Solutions, provedora líder mundial em soluções e serviços de comunicação de missão crítica para governos e empresas, anuncia que foi escolhida pela concessionária LAMSA para a digitalização do sistema de radiocomunicação da Linha Amarela, no Rio de Janeiro.

Entre os principais benefícios do projeto está a melhoria e a ampliação da comunicação dos funcionários que agora contam com quase cem rádios (entre portáteis e veiculares) para o monitoramento do percurso de 20 quilômetros que vai da Barra da Tijuca até a Ilha do Fundão, próximo ao Aeroporto do Galeão. O investimento da Linha Amarela foi de R$ 1 milhão e inclui ainda a instalação de três antenas repetidoras, mais uma de reserva, que são responsáveis por toda a troca de informações.

Um dos desafios foi manter a comunicação dentro do túnel de dois quilômetros, um dos maiores em trecho urbano do mundo, e que não era atendido pelo sistema antigo de comunicação analógica. Todo o projeto foi realizado pela Fortnet, parceira da Motorola Solutions no Rio de Janeiro.

Pontos importantes

• Entre os dados monitorados e coletados pelo sistema, estão: a velocidade dos carros na via; a cerca virtual, que mostra se o veículo saiu do perímetro estabelecido; a telemetria, que checa se as antenas estão funcionando adequadamente; alerta de invasão; e cerca de segurança. Continuar lendo

Dicas para Fazer uma boa Compra

- Em se tratando de serviço executado por profissional liberal procure conhecê-lo pessoalmente com o intuito de avaliar sua capacidade técnica.

- Conferir no ato da entrega cuidadosamente se os produtos relacionados no pedido estão fielmente de acordo com os que estão sendo entregues.

- Solicitar Cartão de CNPJ e Contrato Social da empresa para aferir se realmente é especializada em Radiocomunicação Comercial.

- Compare preços e condições comerciais, para obter a melhor vantagem possível mas desconfie de preços e condições milagrosas.

Fonte: Aerbras



Padronização de Serviços de Telecomunicações

Conceito

Hoje o mesmo rádio móvel, base ou repetidora comercializado oficialmente no mercado brasileiro, funciona com graus de eficiência completamente diferentes, causando muitas vezes prejuízo e frustração para o consumidor. Tal fato não ocorre por ineficiência dos fabricantes, mas sim por diversos fatores, sendo o principal deles a falta de padronização das instalações e a inexistência de uma norma técnica que constitua pedra angular para todos os atores do setor, fabricantes, distribuidores , revendas e até consumidores, que muitas vezes realiza trabalhos de modo inadequado por falta de esclarecimento. A Padronização de serviços busca estabelecer, em relação a problemas existentes ou potenciais, prescrições destinadas à utilização comum e repetitiva, com vistas à obtenção do grau ótimo de ordem, em um dado contexto.

Outrossim cabe salientar que os problemas ocorrem não somente no âmbito técnico, mo âmbito da arquitetura das redes, identificações das topologias que mais se adequem às necessidades há erros calamitosos, que imputam severas perdas aos consumidores tanto privados como públicos.

Nesse sentido, caba a a AERBRAS enquanto entidade do terceiro setor preencher esta lacuna que hoje constitui uma das grandes chagas de nosso nicho de atuação. Assevere-se que não obstante os problemas já relatados ainda passamos por uma fase de up-grade de tecnologias, com equipamentos digitais que requerem maior capacitação técnica para serem postos em utilização de modo eficaz.

Pelos motivos acima expostos apresentamos abaixo um plano de Sistematização e Certificação de Serviços que estruturar-se-á pelas normas que serão construídas conjuntamente com todos atores de nosso mercado (fabricantes, distribuidores, revendas, consumidores, etc). Continuar lendo