Código Q para comunicação

Se você é radioamador ou utiliza rádio de outra maneira qualquer, estes códigos são úteis para você.

Os códigos Q para comunicação permitem falar no rádio com maior clareza, evitando as cacofonias possíveis em vários idiomas que podem confundir mensagens importantes. Todo piloto de avião ou mesmo de barcos precisa conhecer estes códigos para usar em casos extremos ou mesmo em conversas normais através do rádio.

QAP – Ficar na escuta
QRA -Nome da estação ou do operador
QRE – Hora de chegada
QRG – Freqüência de transmissão / recepção
QRI -Tonalidade de transmissão
QRK -Clareza dos meus sinais 1,2,3,4 e 5
QRM – Interferência na transmissão
QRO – Aumentar a potência de transmissão
QRQ -Transmitir mais depressa
QRS – Transmitir mais devagar
QRU -Tem algo para mim?
QRW- Devo avisar que você chama na freqüência …
QRY – Qual é a minha vez de transmitir
QSA- Qual é a intensidade do meu sinal 1,2,3,4 e 5
QSC – Sua embarcação é de carga?
QSE – Deslocamento da embarcação de salvamento
QSG – Transmissão de…mensagem de uma só vez
QSI – Não consegui interrompe a estação…

QSL, QAP, QTH e outros códigos para comunicação

QSK – Pode ouvir-me entre seus sinais?
QSM – Repetir o último câmbio
QSO – Comunicado ou contato entre estações
QSQ – Há médico no local?
QSS – Freqüência de trabalho habitual
QSX – Transmitir o indicativo de chamada da estação
QTA – Cancelar a última mensagem
QTC – Mensagem de urgência
QTH – Localização ou endereço da estação
QTJ – Velocidade aproximada
QTN – Hora de saída Continuar lendo

Mobilidade agrega vantagens competitivas ao mercado de varejo

A Motorola Solutions, Inc. (NYSE: MSI) anuncia que sete de cada dez empresas da indústria de varejo na América Latina afirmaram que a incorporação da mobilidade os posicionou em uma situação de vantagem competitiva com relação às demais companhias do setor, de acordo com os dados aferidos pelo Barômetro de Mobilidade Empresarial 2011 para a América Latina. Entre os que participaram do levantamento, 78% disseram que a adoção de tecnologias sem fio e móveis gerou um impacto positivo sobre o resultado das vendas de sua empresa.

Outra característica que se destaca nesse estudo do setor de varejo é o crescimento na penetração dos dispositivos móveis. A aquisição de tablets e telefones portáteis de voz sobre IP irá crescer 35%. No caso de telefones celulares e notebooks, estes continuarão a ser os dispositivos mais utilizados nas empresas, com taxas de implementação de 69% e 57%, respectivamente.

“Os resultados demonstraram que a maioria das empresas do setor concorda em ressaltar a importância da adoção de tecnologias sem fio e móveis como ferramentas essenciais, a fim de obter uma série de benefícios indispensáveis nessa indústria, tais como a melhora na produtividade e a redução do prazo de entrega, e também na precisão do atendimento das requisições e no controle de inventário, entre outras atividades”, explica Claudio Kimura, diretor de estratégia da Motorola Solutions para a América Latina e Caribe.

O estudo incluiu organizações da Argentina, Brasil, Colômbia e México, as quatro maiores economias, que representam 74% do Produto Interno Bruto (PIB) da região.

Fonte: http://www.varejista.com.br